• Ylê Asé
  • Taunkerã

Portuguese English Spanish

JOGO  DO  OBÍ

 

A palavra Obí, se refere à Obí Abata. Varia de branco, a vermelho em cor, é um alimento básico, e toda vez que é oferecido seu consumo é sempre precedido por preces, Obí é um fruto sagrado e insubstituível nos rituais do Candomblé e no rutial de confirmação na umbanda Ele tem diversas utilidades, como por exemplo confirmar uma obrigação e utilizado nos ritos de Bori. Obí funciona como uma ligação entre as consequências dos homens com Nzambi. Obí também conhecido como nóz-de-cola, é usado nas obrigações dos orixás, muitas das vezes comemos um pedaço dele (Gosto bem amargo), pois ele representa a vida. É entre em meio de oração, em rituais de revitalização e alegria. Na África come-se esse Obí a cada celebração importante. Obí que é usado em adivinhação é formado por diversos gomos (Geralmente 4), que serve para confirmar obrigações. Esses gomos são divididos em Machos e Fêmeas. De forma alguma não é permitido passar a faca no Obí, pois os orixás podem se revoltar. Cada fruto é composto de dois casais, separam-se os gomos excedentes e dividem-se em comunhão com todos presentes, para confirmar se foi aceito ou não pelo orixás. Os gomos são delineados pela Natureza, portanto não pode haver nenhum tipo de intervenção, sobretudo de faca, para dividir o Obí. Apenas nos rituais de Orixás o Obí deve ser substituído pelo Orobô. O Obí deve ser jogado sobre a água, em pratos brancos ou diretamente no chão. Seus gomos devem ser jogados de uma só vez, ou seja, simultaneamente. Não se pode manipular os gomos, nem jogar os que caíram fechados sozinhos. Se a caída não for favorável, deve lançar todos os gomos novamente. Só uma caída autoriza de imediato ha continuidade dos ritos ou confirma a aceitação. Quando todos os gomos do Obí caem abertos, isto é, com sua parte interna para cima, é o sinal de que os orixás abençoaram e aceitaram o rito.

Compartilhar nas redes sociais

  • Rádio Nocaute ao vivo:

Please publish modules in offcanvas position.